07/06/09 12:50

Meio ambiente

Todas as obras realizadas pelas concessionárias da OHL Brasil respeitam a legislação ambiental e as exigências feitas pelos órgãos competentes. Além dos trabalhos de compensação ambiental, que visam ao reflorestamento das áreas com degradação ambiental antiga ou setores novos resultados de intervenção de obras, as empresas realizam diversos projetos com o objetivo de contribuir com a conservação do meio ambiente onde atuam.

Parcerias na produção de mudas, ações de educação ambiental, doação de sementes de plantas, coleta seletiva de lixo, monitoramento de fauna e construção de bacias de contenção são algumas ações de responsabilidade ambiental que as empresas promovem.

As concessionárias realizam ainda monitoramento e controle de atuações ambientais.  A política envolve consumo racional e controlado de energia elétrica, água, combustíveis, papel, lixo reciclável, entre outros.

A Autovias mantém, desde 2000, um parceria com o Jardim Zoobotânico de Franca (SP) para a produção 100.000 mudas/ano para plantio regional. A concessionária participa com insumos, melhoria nos sistemas de irrigação, construção de estufas, entre outros.

No próprio jardim já foram plantadas 86 mil mudas de árvores nativas regionais, ampliando a variedade e o número disponíveis. Também foram plantadas 31 mil mudas às margens do Rio Canoas, principal ponto de abastecimento de água de Franca, como parte de projeto estadual de recomposição da mata ciliar do manancial.

Até 2010 foram plantadas próximo de 315.000 mudas de espécieis nativas.

Além disso, a Autovias plantou 10 mil mudas ao longo das rodovias Cândido Portinari (SP-334) e Engenheiro Ronan Rocha (SP-345). Houve, também, plantio de mais de 18 mil mudas de bambu para a composição de saias de aterro e controle de erosões ao longo das rodovias SP-334 e SP-345. A concessionária, como parte de sua proposta de inserção e discussão ambiental na região, participa de todas as Semanas do Meio Ambiente desenvolvidas pela Prefeitura de Franca.

A empresa implantou seis passagens de fauna e proteção com telas nas proximidades dos quilômetros 372 (Rio Sapucaí) e 383 (perto do trevo de acesso a Restinga) da SP-334. A Autovias monitora constantemente estes pontos, com apoio de empresa com profissionais da área de Biologia e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Através dos resultados dos estudos de vestígios de animais e da “cama de pegadas” é gerado um relatório técnico sobre o tema, que auxilia no norteamento das ações sobre meio ambiente/fauna na empresa.