Autovias - Responsabilidade Social

07/06/09 12:49

Cultura

Apoiar a cultura das regiões onde atua faz parte dos objetivos de Responsabilidade Social da OHL Brasil. A empresa utiliza as leis de incentivo fiscal, principalmente a Lei Rouanet, para destinar recursos financeiros aos projetos de cultura. Até 2010, a OHL Brasil focou sua atenção, sobretudo, nas áreas de música, artes plásticas, literatura e cinema.

As concessionárias estaduais, por exemplo, apóiam, por meio da Lei Rouanet, a revista Porta-Luvas, uma publicação trimestral que tem como principal objetivo estimular, divulgar e promover o intercâmbio cultural entre as cidades no interior do Estado de São Paulo. Conheça mais sobre a revista, clicando aqui

A Autovias é uma das patrocinadoras da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto. Fundada em 22 de maio de 1938, pelo alemão Marx Bartsch, a sinfônica desenvolveu e participou de importantes projetos de difusão da música erudita. Ela é a segunda mais antiga do Brasil em atividade constante. Sua singularidade atraiu regentes consagrados, como Eleazar de Carvalho, Isaac Karabtchevsky, Filipe Lee, Spartaco Rossi, Roberto Minczuk, Ricardo Kanji, João Carlos Martins e Gunter Neuhold.

Como uma das contrapartidas pelo patrocínio, a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto faz apresentações em cidades do trecho de concessão da empresa, para alunos do Projeto Escola Autovias, além de espetáculos abertos, em praças públicas, para toda população.

A concessionária produziu o DVD da histórica apresentação da orquestra em comemoração aos seus 70 anos, que foi também seu concerto de número 1.000. O DVD foi escolhido pela Autovias como o presente de final do ano 2009 para seus colaboradores e diretores.

A Autovias desenvolveu, junto com a Fundação Palavra Mágica, a Oficina de Leitura e Escrita acontecida em bairros lindeiros às rodovias Anhanguera (SP-330), em Ribeirão Preto (SP), e Cândido Portinari (SP-334) e Engenheiro Ronan Rocha (SP-345), em Franca (SP). O programa, que teve dois anos de duração e foi subdividido em quatro módulos de trabalho, fundamentando-se no aprimoramento das habilidades de leitura e expressão. Ele funcionou como passo fundamental para que os estudantes conhecessem e desenvolvessem outras habilidades e atuassem de forma construtiva na sociedade.

A Autovias e o Museu Casa de Portinari, de Brodowski, fizeram uma parceria e criaram o projeto “Caminhos de Portinari”. Focado no turismo cultural, o projeto une a diversidade das obras de um dos maiores pintores brasileiros a uma sinalização rodoviária especialmente criada para orientar os turistas que percorrerem a macrorregião de Ribeirão Preto.

O projeto traz placas especiais de sinalização de trânsito oferecendo ao visitante informações sobre local, distância e existência do Patrimônio de Portinari, compreendido pelo Museu Casa de Portinari, em Brodowski, e a Igreja Matriz de Bom Jesus da Cana Verde, em Batatais, promovendo a visitação desses patrimônios públicos. Os objetivos do projeto são agregar uma série de valores à região e incentivar a prática do turismo cultural, como atividade geradora de desenvolvimento cultural, social e econômico, valorizando ainda mais o interior do Estado de São Paulo.

Foram implantadas pela Autovias, nas rodovias Anhanguera e Cândido Portinari, sete placas especiais com setas indicativas e as inscrições “Caminhos de Portinari – Museu Casa de Portinari / Igreja Matriz de Batatais”. Outras 20 placas especiais, com setas indicativas e a inscrição “Museu Casa de Portinari”, foram colocadas em pontos estratégicos dentro de Brodowski.